Supervisão

© 2012 Mohamad Syar/CCP, Courtesy of Photoshare

Práticas de Grande Impacto (PGIs) são um conjunto de práticas de planejamento familiar baseadas em evidências avaliadas por especialistas sob critérios específicos e documentados em um formato fácil de se utilizar.

Endossadas por mais de 30 organizações, as PGIs ajudam a construir consenso sobre nosso entendimento atual do que funciona em planejamento familiar.

PGIs são identificadas com base na magnitude demonstrada de impacto no uso de contraceptivos e na potencial aplicação em uma ampla série de cenários. Também são consideradas outras medidas de resultado relevantes, incluindo gravidez e fertilidade indesejadas ou uma das determinantes imediatas de fertilidade (adiamento do casamento, espaçamento entre partos ou amamentação). Evidência de reprodutibilidade, dimensionamento, sustentabilidade e custo-eficácia também são examinados.

PGIs são categorizados como:

Adicionalmente, tecnologias ou práticas que não são tipicamente intervenções isoladas, mas de fato melhor implementadas em conjunto com PGIs para intensificar ainda mais o impacto das PGIs, são chamadas de Melhorias PGI.

Os resumos PGI podem ser usados para defesa, planejamento estratégico e projeto de programas, exploração de lacunas de pesquisa para melhor informar orientações e políticas e para dar suporte a implementações. Revisão Guidance for Developing an Evidence Brief.

Assista a um webinar gravado que trata do uso de padrões apropriados de comprovação para recomendação de melhores práticas em planejamento familiar e saúde reprodutiva.